Moto VelocidadeMotoE

MotoE – Mundial de Moto-E: Eric Granado mantém foco no título

Ainda com 100 pontos em jogo, brasileiro precisa recuperar 26 para tirar diferença do líder

Após ser retirado do grid em Barcelona, onde foi o pole position, devido a uma pane eletrônica na moto, o brasileiro Eric Granado mantém firme a determinação de chegar ao final da temporada brigando pelo título. Com quatro das sete etapas ainda a serem disputadas, o Mundial de Moto-E colocará um máximo de 100 pontos possíveis de serem conquistados até a prova que encerrará o campeonato, agendada para setembro, na Itália. Por isso, o piloto da equipe One Energy Racing segue na luta por uma posição entre os melhores do ano e retorna à pista no próximo domingo (27), em Assen, na Holanda, para a disputa da quarta etapa de 2021.

Eric Granado

“Temos mantido um bom ritmo em todas as etapas, tanto que assinalamos todas as poles e duas melhores voltas nas três etapas até agora. Vencemos uma corrida e as demais escaparam por entre os dedos, mas estou confiante de que ainda temos muito o que conquistar este ano. E brigar pelo título é algo que está no nosso horizonte”, disse Granado. “Ser confiante é uma coisa, ser realista é outra. E a realidade é que nosso desempenho e velocidade dizem que estamos na briga. Então vamos seguir trabalhando e lutando até a última volta. Não pode ser de outra forma”, continua o jovem brasileiro de 25 anos.

Granado (à frente): foco na disputa pelo título

Com cada corrida concedendo 25 pontos ao primeiro colocado, Eric Granado ocupa a sexta colocação, com 28 pontos. No momento, a liderança é do italiano Alessandro Zaccone (equipe Octo Pramac MotoE), que soma 54. Zaccone, Granado e o espanhol Miquel Pons (LCR E-Team) foram os únicos a vencer na Moto-E até o momento, com uma vitória cada um. Eric Granado compete no Mundial com apoio de Oakley, Shark, CrossFox, Thinkers, GoPro, Alpinestars, Orbea, Marazul, Edge Life Sports e Frota Assessoria.

Confira a classificação, após três etapas:

1) Alessandro Zaccone (Itália, Octo Pramac MotoE), 54
2) Dominique Aegerter (Suíça, Dynavolt Intact GP), 53
3) Jordi Torres (Espanha, Pons Racing 40), 43
4) Miquel Pons (Espanha, LCR E-Team), 36
5) Mattia Casadei (Itália, Ongetta Squadracorse), 33
6) Eric Granado (Brasil, One Energy Racing), 28
7) Yonny Hermandez (Colômbia, Octo Pramac MotoE), 22
8) Matteo Ferrari (Itália, Indonesian E-Racing Gresini Moto),27
9) Maria Herrera (Espanha, OpenBank Aspar Team), 18
10) Lukas Tulovic (Alemanha, Tech 3 E-Racing), 17

 

 

Fonte: BestPr.

Foto: Jesus Robledo

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X