AutomobilismoStock Car

Com novidades na Stock Car, Shell Racing disputa em Curitiba a nona edição da Corrida do Milhão

Fãs agora podem ajudar pilotos com o Hero Push; Zonta já venceu prova mais valiosa da categoria e Átila tem duas vitórias na pista paranaense

A Shell Racing desembarca em Curitiba neste fim de semana para a prova mais valiosa de toda a temporada-2017 da Stock Car, a Corrida do Milhão. É o evento esportivo de maior premiação em dinheiro no Brasil.

O piloto vencedor leva um prêmio de R$ 1 milhão, e, pela primeira vez em nove edições, a corrida será disputada no autódromo localizado em Pinhais, região metropolitana da capital paranaense.

O traçado de 3.695 metros é um dos mais conhecidos do país, e Átila Abreu tem duas vitórias na pista largando da pole, em 2012 e 2013, além de ter conseguido seu primeiro top5, em 2008, e o vice-campeonato da temporada 2014, com um segundo lugar na corrida final. Já Ricardo Zonta corre na cidade natal e ganhou pela primeira vez na Stock justamente numa Corrida do Milhão, em 2013, em Interlagos.

Depois que outros pilotos reverteram punições após etapa de Cascavel, Átila é o terceiro colocado na classificação do campeonato, com 111 pontos, a apenas 17 da liderança, enquanto Zonta, que tem uma vitória no ano, é o 11º, com 48.  No campeonato de equipes, a Shell Racing está na quarta posição entre 14 times.

Visando a atingir uma interação ainda maior com os fãs, a Stock Car promove em Curitiba uma grande novidade, o Hero Push. Com inspiração na Fórmula E, os fãs poderão proporcionar um acionamento extra do botão de ultrapassagem aos pilotos favoritos por votação na internet.

Na Corrida do Milhão, em Curitiba, e na Grande Final de dezembro, em Interlagos, os seis pilotos mais votados terão direito ao Hero Push. Nas demais provas, os fãs irão eleger três pilotos para receberem o push extra na segunda bateria.

O acionamento do Hero Push vai permitir um ganho extra de 100 cavalos de potência ao motor durante aproximadamente 16 segundos, com a abertura total da borboleta de admissão de ar para o motor V8.

 

A programação em Curitiba prevê só uma prova, e a Corrida do Milhão terá largada às 10h30 de domingo, com duração de 40 minutos mais uma volta. Será obrigatória a troca de pelo menos dois pneus na janela de reabastecimento. Além disso, a diferença na pontuação do vencedor para o segundo colocado será de cinco pontos, e não quatro.

O treino classificatório de sábado, às 11h, terá transmissão ao vivo do SporTV2. Já a Corrida do Milhão será exibida, também ao vivo, pela TV Globo.
Programação:

Sexta-feira – 30 de junho
10h35 às 10h45 – Shakedown
12h20 às 13h20 – 1º Treino (Grupo 1)
13h25 às 14h25 – 1º Treino (Grupo 2)

Sábado – 1º de julho
8h05 às 8h45 – 2º Treino (Grupo 1)
8h50 às 9h30 – 2º Treino (Grupo 2)
11h00 às 12h00 – Classificação

Domingo – 2 de julho
10h30 – Corrida do Milhão

*sujeita a alterações


O que eles disseram:

“Não tem coisa melhor para um atleta que competir em casa. Vou correr por R$ 1 milhão diante dos meus amigos e familiares. Gosto muito da pista de Curitiba, com suas curvas de média e alta velocidade. Já competi diversas vezes no circuito, em inúmeras categorias. Com R$ 1 milhão em disputa durante apenas 40 minutos, sabemos que é uma corrida em que tudo precisa estar impecável: do setup do carro à estratégia de box. O plano de jogo também muda um pouco, já que todos aqui têm um pouco mais de apetite em arriscar pela vitória”

Ricardo Zonta, piloto do carro #10
“É uma corrida especial e, por ser em bateria única e não rodada dupla como as demais etapas, pode fazer diferença no campeonato, uma vez que não permite ao piloto que foi mal na primeira corrida salvar pontos na segunda bateria. Gosto muito da pista de Curitiba, que vai receber o Milhão pela primeira vez. Já ganhei corridas e fiz poles em Curitiba, então estou muito otimista para fazer novamente um bom trabalho com a Shell Racing e colocar o carro #51 nas primeiras posições”

Átila Abreu, piloto do carro #51
“A nossa expectativa para a corrida é a melhor possível: é buscar esse milhão”

Thiago Meneghel, chefe da Shell Racing

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto: José Mário Dias

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X