Moto VelocidadeMotoE

MotoE – Motovelocidade em Jerez de la Frontera Eric Granado vence 3ª prova consecutiva e crava recorde na Moto-E

Brasileiro dominou a abertura da temporada e assinalou melhor volta inédita em Jerez de la Frontera, Espanha

O jovem brasileiro Eric Granado, da equipe Avintia Esponsorama Racing, venceu neste domingo (19) a etapa de abertura do Campeonato Mundial de Moto-E, realizada no circuito de Jerez de la Frontera, na Espanha. Esta foi a terceira vitória consecutiva de Granado na categoria, uma vez que o piloto de 24 anos havia sido o melhor nas duas provas de encerramento do torneio em novembro do ano passado, no também espanhol circuito de Valência. O piloto da equipe Avintia também cravou a melhor volta da prova, novo recorde da categoria para o circuito espanhol, com a marca de 1min47s656 e média de 147,9 km/h.

Com o resultado, Granado agora lidera o campeonato com 25 pontos, seguido pelo italiano Matteo Ferrari (equipe Trentino Gressini MotoE) e o suíço Dominique Aegerter (Dynavolt Intact G), que somam 20 e 16 pontos, respectivamente. O brasileiro já vinha se impondo desde os treinos livres de sexta-feira, sendo o primeiro colocado em todas as ocasiões em que os pilotos foram para a pista. Na largada deste domingo, Eric chegou a ser ultrapassado pelo alemão Lukas Tulovic (Tech3 E-Racing), mas retomou a posição ainda na primeira volta para abrir uma vantagem de três segundos ao final da prova, considerada grande em termos de Moto-E.

Granado: vitória e novo recorde da pista em Jerez de la Frontera

Granado explica que foi surpreendido por um novo comportamento da Energica Ergo Corsa, moto utilizada por todos os participantes. “Ela empinou um pouco na largada. Foi a primeira vez que isso aconteceu na Moto-E”, explicou. “E acho que foi por causa do maior torque que temos nesta temporada, pois eu nunca tinha sentido isso. A roda dianteira levantou na arrancada e me fez perder um pouco de tempo até a moto se estabilizar no chão novamente”, detalha, lembrando que uma característica das motos elétricas é “entregar” toda a potência e torque imediatamente, diferente do que acontece nas motor a combustão, que têm uma “entrega progressiva”.

Granado lembrou que após o reflexo inicial para estabilizar a moto seu foco imediato foi tentar ultrapassar o alemão Tulovic, que assumira a ponta: “Eu o passei já na reta oposta e então me concentrei em fazer o máximo. Depois disso eu pude controlar a distância (para o restante do grid)”, detalhou. Daquele momento em diante, o brasileiro passou a aumentar sua vantagem para o pelotão que vinha atrás.

Brasileiro foi o mais rápido em todos os momentos durante o final de semana

No próximo final de semana a Moto-E realiza mais uma etapa, também em Jerez de la Frontera. Granado comentou sobre a situação inédita, com o calendário bastante apertado como consequência da pandemia do coronavírus. “É a primeira vez na minha vida que tenho duas corridas em duas semanas. Teremos novamente os treinos, a briga pela pole”, relata o piloto da equipe Avíntia. “Então acho que começamos do zero novamente na próxima sexta-feira. Preciso continuar trabalhando da mesma forma, melhorar em algumas áreas e tentar ser ainda mais consistente. Sempre há coisas pra melhorar e vamos trabalhar nelas”, completou o novo líder do Mundial de Moto-E.

O brasileiro Eric Granado disputa o Campeonato Mundial de Moto-E com patrocínio de Oakley, Shark, Alpinestars e Thinkers, além do apoio de Orbea, Marazul, Edge e Frota.

 

Resultado da primeira etapa do Mundial de Moto-E 2020, em Jerez de la Frontera:

1) Eric Granado (Brasil, Avintia Esponsorama), sete voltas em 10min55s542, média de 145,7 km/h

2) Matteo Ferrari (Itália, Trentino Gressini MotoE), a 3s044

3) Dominique Aegerter (Suíça, equipe Dynavolt Intact G), a 3s299

4) Lukas Tulovic (Alemanha, Tech3 E-Racing), a 3s517

5) Mattia Casadei (Itália, Ongentta SIC58 Squadracorse), a 4s082

6) Jordi Torres (Espanha, Pons Racing 40), a 4s245

7) Alejandro Medina (Espanha, Openbank Aspar Team), a 4s909

8) Xavier Simeon (Bélgica, LCR E-Team), a 5s475

9) 6) Josh Hook (Austrália, Octo Pramac MotoE), a 5s795

10) Mike Di Meglio (França, EG 0,0 Marc VDS), a 8s484

 

Classificação dos dez primeiros colocados no Campeonato:

1) Eric Granado (Brasil, Avintia Esponsorama), 25 pontos

2) Matteo Ferrari (Itália, Trentino Gressini MotoE), 20

3) Dominique Aegerter (Suíça, equipe Dynavolt Intact G), 16

4) Lukas Tulovic (Alemanha, Tech3 E-Racing), 13

5) Mattia Casadei (Itália, Ongentta SIC58 Squadracorse), 11

6) Jordi Torres (Espanha, Pons Racing 40), 10

7) Alejandro Medina (Espanha, Openbank Aspar Team), 9

8) Xavier Simeon (Bélgica, LCR E-Team), 8

9) 6) Josh Hook (Austrália, Octo Pramac MotoE), 7

10) Mike Di Meglio (França, EG 0,0 Marc VDS), 6

 

Calendário 2020

1ª etapa – 19/07 – Jerez de la Frontera, Espanha

2ª etapa – 26/07 – Jerez de la Frontera

3ª etapa – 13/09 – Misano, Itália

4ª etapa – 19/09 – Misano, Itália

5ª etapa – 20/09 – Misano, Itália

6ª etapa – 10/10 – Le Mans, França

7ª etapa – 11/10 – Le Mans, França

 

 

Fonte: BestPr.

Foto: MotoGP/MotoE

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X