Automobilismo FórmulaF2

F2 – Felipe Drugovich conquistou 13 posições e terminou em 5º na primeira prova da Fórmula 2 na Hungria

Estratégia perfeita e pilotagem sem erros levou o brasileiro a novamente ser destaque na categoria de acesso à Fórmula 1

Uma estratégia perfeita e uma nova pilotagem sem erros levaram o brasileiro Felipe Drugovich a ser outra vez um dos principais destaques na Fórmula 2, que neste sábado abriu sua terceira rodada dupla da temporada. A etapa, novamente disputada como preliminar da Fórmula 1, está sendo realizada no Circuito Hungaroring, em Mogyoród, nos arredores de Budapeste, capital da Hungria.

Felipe Drugovich conversando com a equipa pela melhor estrategia com certeza

Depois de uma tomada de tempos com muita chuva, quando Felipe Drugovich obteve apenas a 18ª posição no grid de largada para a prova deste sábado (18) – e da necessidade de recuperação em uma pista que oferece poucos pontos de ultrapassagem –, criar uma estratégia eficiente no uso dos dois jogos de pneus disponíveis (macios e médios) era o principal foco do piloto e de sua equipe, a holandesa MP Motorsport.

“Precisávamos de uma estratégia que nos levasse lá para a frente”, conta Felipe Drugovich, que faz sua temporada de estreia na Fórmula 2. “Optamos por largar com os pneus médios e esticar o stint o máximo possível e fui um dos poucos que usou essa estratégia ‘alternativa’. Fiz uma boa largada, ganhei algumas posições, mas estranhei bastante, pois até então eu ainda não tinha andado com o carro nessa pista no seco. Mas o carro estava com um balanço ótimo, muito equilibrado e fui um dos últimos a trocar pneus”, continua o piloto de Maringá (PR), que foi aos pits na 26ª volta.

Com pneus de composto macio, Felipe Drugovich voltou à pista em 13º e, de forma gradativa e com uma pilotagem sem erros, começou a ganhar posições. Nas últimas passagens, quando marcou suas melhores voltas, aproximou-se do segundo pelotão – que contava com Dan Ticktum, Callum Illot, Guanyu Zhou e Louis Deletraz –, superou-os de forma muito rápida e na última volta ultrapassou Jehan Daruvala para receber a bandeirada em 5ª após conquistar 13 posições ao longo das 37 voltas de prova.

“Nossa estratégia foi perfeita, pois quando voltei à pista eu estava muito rápido, com pneus macios e novos, e muitos dos concorrentes já estavam com seus pneus de composto médio bastante desgastados”, relembra Felipe Drugovich, 20 anos. “Me concentrei para evitar erros e para aproveitar todas as chances possíveis. Acho que começamos o final de semana de forma positiva e espero podermos repetir este desempenho amanhã”, finalizou.

Obedecendo o regulamento, que determina a inversão dos oito primeiros da corrida 1 para a definição do grid de largada da corrida 2, Felipe Drugovich largará em 4º na prova deste domingo na Hungria.

Felipe Drugovich, extraoficialmente o 6º colocado no campeonato entre 22 pilotos, tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus, e da Noma, destaque no segmento de implementos rodoviários.

Confira a programação deste domingo na 3ª etapa da Fórmula 2 (horários de Brasília), com transmissão ao vivo no canal da Fórmula 1 no YouTube – https://www.youtube.com/c/F1.
Domingo (19/7)
Corrida 2 (45 minutos) – 6h10 / 6h55

 

Fonte: KG Com.

Foto: Dutch Photo Agency

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X