AutomobilismoStock Car

Stock Car – Shell Racing chega a Tarumã para antepenúltima etapa da temporada-2017

Átila Abreu e Ricardo Zonta encaram novo desafio em um dos circuitos mais velozes e de asfalto mais abrasivo do país

Em terceiro lugar no campeonato de equipes da Stock Car, a Shell Racing tem neste fim de semana o antepenúltimo desafio da temporada-2017, no autódromo de Tarumã, no município de Viamão, região metropolitana de Porto Alegre.

Com uma vitória no campeonato, Átila Abreu ocupa a quarta posição na classificação geral  e segue firme na luta pelo título. O sorocabano do carro #51, que tem como melhor resultado em Tarumã um segundo lugar em 2012, soma 12 top10 em 17 corridas, tendo subido quatro vezes ao pódio.

Já Ricardo Zonta, que venceu duas vezes no ano, é o 11º na tabela. No circuito gaúcho, o piloto do carro #10 já terminou uma vez entre os três primeiros, na segunda bateria de 2014, em terceiro lugar.

Com 3.069 metros, Tarumã é um dos circuitos mais velozes do país, embora desde 2014 exista uma chicane na curva 3 por questões de segurança. Esta variante, por sinal, recebeu modificações para a corrida deste ano para aumentar o espaço de manobra dos pilotos e evitar contatos.

Por outro lado, o asfalto de Tarumã promete continuar sendo uma dor de cabeça para engenheiros e pilotos. Além de ser muito abrasivo, o que já causa um acentuado desgaste da borracha, as curvas de alta velocidade para a esquerda causam um grande esforço nos pneus do lado direito.

No entanto, durante toda a temporada os carros da Shell Racing têm mostrado desempenho bastante consistente nas pistas que mais exigem dos pneus, o que deixa boas perspectivas para a rodada dupla deste fim de semana.

Em Tarumã, tanto Átila Abreu como Ricardo Zonta estão elegíveis para o Fan Push, um disparo extra do botão de ultrapassagem por intermédio de votação no site oficial da categoria (www.stockcar.com.br).

A programação começa na sexta-feira com o primeiro treino livre, às 10h40 (horário de verão). No sábado serão disputados o segundo treino livre, às 8h45, e a classificação que define o grid da primeira bateria, ao meio-dia, com transmissão do SporTV3.

No domingo, a primeira bateria tem largada prevista para as 13h, enquanto a segunda prova será realizada às 14h10. O SporTV3 transmite ao vivo.

O que eles disseram:

“Tarumã é uma pista que eu gosto bastante, com diversas curvas de alta velocidade, como as duas primeiras e a que dá acesso à reta dos boxes. É claro que o equilíbrio e aderência são importantes, mas no caso específico dessa pista é preciso um acerto que evite o desgaste de pneus, já que o asfalto come muito a borracha e são duas corridas. Não é uma pista fácil de se ultrapassar, então estar bem colocado no grid de largada é muito importante também e conto com o voto dos fãs para conseguir um disparo extra do push na segunda prova!”

Ricardo Zonta, piloto do carro #10
“Hoje estamos a 55 pontos do líder e já não é mais uma diferença confortável para tirar nas provas restantes. Estamos num momento em que precisaremos de uma dose extra de ousadia, seja no acerto do carro, na estratégia e mesmo nas disputas de pista. Nessa altura do campeonato, não adianta mais apenas acompanhar os líderes, mas sim superá-los para descontar essa diferença e, para isso, temos de fazer algo diferente deles. A pista gasta bastante pneu e nosso carro costuma se dar bem nessas condições, até melhor com pneus desgastados em relação aos nossos concorrentes, o que me deixa bastante otimista. Mas nas classificações precisamos extrair algo mais com pneu zero, para largar na frente e somar bons pontos nas primeiras baterias, tanto agora em Tarumã, quanto em Goiânia, na última rodada dupla antes da final. Este ano a chicane da curva 3 foi modificada para evitar mais acidentes e teremos de nos adaptar nos treinos para tentar tirar proveito dela”

Átila Abreu, piloto do carro #51

“É mais uma pista de consumo alto de pneus, e também um consumo alto de combustível. Acreditamos que a estratégia seja bem dividida, ou seja, quem priorizar a primeira corrida não vai estar bem na segunda, e muitos que já não têm chance no campeonato vão largar lá atrás para priorizar a segunda corrida, além de guardar pneu e pushes e abastecer o máximo possível na primeira prova. Dificilmente vai ter um grande pontuador ou alguém que consiga pódios nas duas corridas. Logicamente que tem uma chance de chuva, lá costuma ter muitas entradas do safety car pelas poucas áreas de escape, então podem surgir imprevistos. É uma pista que favorece o nosso carro, tradicionalmente temos uma boa performance lá. Esperamos de novo brigar pela vitória, com o Átila tentando descontar pontos na briga pelo campeonato e com o Zonta buscando alguma vitória e além disso somar pontos no campeonato de equipes”

Thiago Meneghel, chefe da Shell Racing
Campeonato de pilotos:

1º D.Serra – 259 pontos
2º T.Camilo – 255
3º F.Fraga – 214
4º Á.Abreu – 204
5º R.Barrichello – 186
6º C.Bueno – 181
7º M.Wilson – 180
8º M.Gomes – 162
9º R.Mauricio – 156
10º G.Casagrande – 144
11º R.Zonta – 119

Campeonato de equipes:

1º RC – 415 pontos
2º CRT – 343
3º Shell Racing – 323
4º A.Mattheis – 308
5º RCM – 260

 

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto: José Mário Dias

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X