AutomobilismoStock Car

Stock Car – Shell Racing aposta fichas num desgaste menor dos pneus para a rodada dupla de Buenos Aires

Átila Abreu larga em oitavo na primeira corrida, enquanto Ricardo Zonta sai da 13ª posição, mas chuva pode embaralhar as cartas neste domingo

Depois do sétimo e nono lugares no segundo treino livre, a dupla da Shell tinha a expectativa de ficar no top10 no grid de largada da primeira bateria da rodada de Buenos Aires na Stock Car. No fim, Átila Abreu conseguiu, terminando em oitavo, enquanto Ricardo Zonta vai largar em 13º.

Na classificação deste sábado, Átila e Zonta entraram logo no primeiro grupo, sempre uma desvantagem em relação aos pilotos do segundo grupo, pelo fato de a pista estar com temperatura mais baixa, com mais sujeira e menos emborrachada.

Na primeira tentativa de volta rápida os dois chegaram a formar uma dobradinha, mas depois Átila ficou em terceiro lugar no grupo e avançou ao Q2 em sexto, enquanto Zonta foi o nono no primeiro grupo e seguiu no treino com o 15º tempo.

 

Na segunda etapa da classificação, o equilíbrio foi muito grande e Átila Abreu ficou com a oitava posição a apenas 0s163 da zona de classificação para o Q3. Já Ricardo Zonta ficou com o 13º tempo – o paranaense concorre em votação na internet ao Fan Push, um disparo extra do botão de ultrapassagem na segunda prova.

Existe a possibilidade de chuva para o domingo em Buenos Aires, o que pode embaralhar as cartas no jogo das estratégias. No entanto, mesmo com a pista seca, as expectativas da Shell Racing são boas, já que o desgaste de pneus deve ser alto e os carros de Átila e Zonta costumam preservar o equilíbrio mesmo competindo com os pneus desgastados

.

A largada para a primeira das duas baterias será às 14h deste domingo, com transmissão do SporTV3, com a segunda prova sendo disputada às 15h10.

 

O que eles disseram:

“Tenho de agradecer por ter entrado no Q2, foi meio que na sorte porque a minha volta não foi tão boa, perdi um tempo na última curva. Arriscamos tudo e quase não deu para entrar no Q2. Eu esperava mais aderência no Q2, mas o carro estava bastante difícil de guiar, a pista é bem agressiva com os pneus. Tentamos abusar o máximo do balanço do carro para essa volta lançada e temos de focar agora no desgaste de pneus para a corrida, que promete ser bem difícil”

Ricardo Zonta, piloto do carro #10
“Esperava estar no Q3 e largar entre os quatro primeiros, sempre estive entre os melhores nos treinos. Porém, desde o primeiro treino, não conseguimos virar na primeira volta, o carro tem demorado a gerar temperatura e não se acha o equilíbrio ideal. Na curva 1 o carro é muito dianteiro na primeira volta e bom no restante da pista, e nas outras voltas fica bom na primeira curva e nem tanto nas outras. Se pegar os trechos eu teria tempo para entrar fácil. Performance do carro tem, mas  o problema é gerar temperatura e aproveitar o melhor do pneu. Amanhã tem previsão de chuva, no Q2 dei três voltas no mesmo décimo, talvez nosso carro tenha bom ritmo de corrida, pode ser uma vantagem para nós. Vamos trabalhar para amanhã ser um grande dia”

Átila Abreu, piloto do carro #51


Grid de largada:

1º D.Serra – 1m16s254
2º T.Camilo – 1m16s281
3º F.Fraga – 1m16s737
4º J.Campos – 1m16s926
5º A.Pizzonia – 1m17s085
6º D.Nunes – 1m33s702
7º A.Khodair – 1m16s776
8º Á.Abreu – 1m16s819
9º R.Maurício – 1m16s840
10º M.Gomes – 1m16s857
11º V.Brito – 1m17s018
12º B.Valério – 1m17s023
13º R.Zonta – 1m17s055
14º C.Bueno – 1m17s062
15º G.Osman – 1m17s126

 

Campeonato de pilotos:

1º D.Serra – 235 pontos
2º T.Camilo – 222
3º Á.Abreu – 190
4º F.Fraga – 174
5º C.Bueno – 166
6º R.Barrichello – 164
7º M.Wilson – 156
8º M.Gomes – 143
9º R.Mauricio – 139
10º G.Casagrande – 123
11º R.Zonta – 107


Sobre a plataforma da Raízen em motorsport:

A Raízen, por meio da marca Shell, promove a maior plataforma de patrocínio em esporte a motor no Brasil, a Academia de Pilotos Shell Racing. A marca apoia nove pilotos entre as modalidades do kart, Brasileiro de Turismo, Stock Car e Porsche Império GT3 Cup. O projeto está em linha com a estratégia global da marca, que, além do mais longevo patrocínio do automobilismo mundial com a Scuderia Ferrari na F1, está presente na Nascar, Indycar, DTM, V8 Australiana e Campeonato Mundial de Endurance.

Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

 

 

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto: José Mário Dias

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
X