Moto GPMoto Velocidade

Estreando na Yamaha, Viñales vence a prova inaugural da MotoGP no Catar

Maverick Viñales não está para brincadeira. Neste domingo, o novo piloto da Yamaha confirmou o favoritismo da pré-temporada e venceu com autoridade o GP do Catar, etapa de abertura do campeonato da MotoGP. Em um final de semana caótico, marcado pela chuva, que cancelou o treino classificatório no sábado, Viñales acabou ficando com a pole position, fruto do melhor tempo conquistado na sexta-feira. Mas o primeiro triunfo do espanhol na Yamaha teve contornos dramáticos, em uma prova marcada por quedas e belas ultrapassagens, Viñales duelou com Andrea Dovizioso até as últimas voltas, cruzando a linha de chegada apenas 0s461 à frente do italiano da Ducati.

Com a largada atrasada graças à chuva forte, que inundou trechos da pista, a tensão se instalou entre pilotos e fãs ansioso para o início da categoria mais importante do Mundial de Motovelocidade. Após cerca de 45 minutos de espera, a bandeira verde foi acionada, e Maverick Viñales logo viu sua liderança ser pulverizada, caindo para a quinta colocação ainda na primeira volta. Estreando na MotoGP, o bicampeão da Moto2 Johan Zarco surpreendeu e assumiu a ponta, seguido por Marc Márquez e Andrea Iannone.

Os “15 minutos” de fama de Zarco duraram pouco, e na sexta volta o francês foi ao chão, deixando a liderança nas mãos de Dovizioso, que àquela altura havia superado Iannone e Márquez. Com metade da corrida, foi a vez de Iannone cair enquanto perseguia Márquez, ao passo que Dovizioso abria vantagem para o espanhol tricampeão da MotoGP. Vinãles era terceiro, e partiu para cima do compatriota da Honda, assumindo a vice-liderança da prova.

Largando da décima colocação, Valentino Rossi fazia excelente prova de recuperação, e com a classe de sempre, ultrapassou Márquez para ser terceiro. Daí em diante, a corrida se transformou em um duelo particular entre Viñales e Dovizioso Na 13ª volta, o novato da Yamaha enfim ultrapassou o experiente italiano para liderar o GP do Catar. A moto da Ducati era melhor na reta, e Dovi logo reassumiu a primeira colocação.

O bote derradeiro veio com duas voltas para o final, e Maverick Viñales assumiu a ponta para não largar mais. Dovizioso fechou a prova em segundo, seguido por Rossi, Márquez e Pedrosa. Em sua estreia pela Ducati, Jorge Lorenzo fez uma corrida sem brilho, terminando em uma modesta 11ª colocação.

Na Moto2, com pista seca, Franco Morbidelli venceu, com Thomas Luthi em segundo e Takaaki Nakagami em terceiro. Na Moto3, Joan Mir chegou na frente, seguido de John McPhhe e Jorge Martin. O Mundial de Motovelocidade segue para a Argentina, onde realizará sua segunda etapa no dia 9 de abril no circuito de Termas de Rio Hondo.

MotoGP, GP do Catar, 2017 (Foto: Reprodução)Resultado oficial do GP do Catar (Foto: Reprodução)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X