Automobilismo Off RoadRally

Rally – No penúltimo dia de Dakar, brasileiros encaram segundo dia mais longo do rali em 2021

Representantes do Brasil na categoria carros, Guiga Spinelli e Youssef Haddad encaram nesta quinta-feira etapa com 465 quilômetros de trechos cronometrados, a segunda maior especial do Dakar neste ano

Mais importante rali do mundo, o Dakar 2021 terá amanhã a sua segunda maior especial, com 465 quilômetros de trechos cronometrados, o que deve ser um desafio interessante para os mais de 300 veículos no penúltimo dia de competições nesta quinta-feira, na Arábia Saudita.

Guiga Spinelli e Youssef Haddad, que representam o Brasil entre os carros, competindo com um Mini All4 Racing da equipe X-raid, lutam por um bom desempenho nos dois últimos de rali, após mais uma etapa difícil hoje na 10ª etapa. A quarta-feira teve início em Neom e os competidores chegaram ao final do dia em AlUla após enfrentarem 583 km de percurso total, sendo 241 km de deslocamento e 342 km de trecho especial cronometrado.

“No começo da especial nós nos complicamos em algumas referências e perdemos tempo. Depois ficamos mais uma vez presos no meio da poeira de competidores mais lentos. Foi um dia complicado, com muita terra e as diferenças de tempo entre os competidores eram bem próximas, então qualquer tempo perdido era valioso. Vamos ver o que acontece amanhã, continuaremos tentando melhorar a nossa posição até o fim do rali”, diz Guiga, que corre com patrocínio de BR Distribuidora com a marca Lubrax, iCarros, XP Investimentos, Fairfax Seguradora, Protune, W. Truffi Blindados e Dacar Motorsports.

A dupla brasileira fechou a etapa em 3 horas, 28 minutos e 5 segundos. Foram 24min08seg atrás do líder, concluindo o dia na 26ª posição. Na classificação geral acumulada, estão em 17o lugar, com muitos competidores próximos – até o 13º, por exemplo, são apenas dez minutos de diferença.

“Hoje não foi o dia que a gente esperava, ainda na parte inicial da especial tivemos um erro de navegação que nos custou alguns minutos. Além disso, isso nos colocou na poeira e ficamos encaixotados entre carros e sem conseguir impor nosso ritmo, uns 200 quilômetros desta forma. E foi só no terço final que voltamos a andar livres e conseguir recuperar um pouco. Mas agora é focar no dia de amanhã, a maior especial do Dakar em 2021, com mais de 500 quilômetros”, diz Youssef.

A 11ª e penúltima etapa do Dakar será disputada nesta quinta-feira e os competidores vão sair de AlUla até Yanbu. Será o segundo dia mais longo de especial do Dakar com 465 km, sendo que o deslocamento extra será de apenas 46 km. O rali chega ao final nesta sexta-feira, em Jeddah.

 

 

Fonte: RF1

Foto: MCH Photography

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X