Automobilismo FórmulaF2

F2 – Samaia diz que pneus trarão dinâmica “interessante” para corridas na Áustria

Piloto da Campos Racing pôs fim à espera de 14 meses sem participar de um final de semana de provas e faz sua estreia na F2. A sexta-feira (3) já foi de grandes aprendizados para o paulistano

14 meses depois de sua última participação em um final de semana de corrida, Guilherme Samaia pôde, finalmente, voltar a sentir o sabor da competição. O piloto paulistano, que faz sua estreia na Fórmula 2 – degrau imediatamente abaixo da Fórmula 1 – foi para a pista nesta sexta-feira (3) no Red Bull Ring, autódromo localizado em Spielberg, na Áustria, para a primeira das oito rodadas duplas confirmadas da categoria.

O cronograma de atividades da F2 é extremamente apertado – apenas um treino livre de 45 minutos e a classificação de meia hora. Assim, Samaia pôde completar algo em torno de 34 voltas – a melhor delas, em 1min15s703, o que lhe deu a 19ª colocação no grid de largada entre os 22 inscritos. A pole position ficou com o chinês Guanyu Zhou, da UNI-Virtuosi, com 1min14s416.

“Começamos com um pouco de dificuldade em relação ao acerto do carro no treino livre. Ainda tenho muita experiência para adquirir com os procedimentos de preparação e conhecimento do carro, e só fiquei a dois décimos do meu companheiro de equipe, que é um dos mais experientes do grid, então no fim até achei bom”, afirmou o paulistano de 23 anos sobre Jack Aitken, seu companheiro na Campos Racing.

Para a definição do grid de largada, os 22 pilotos têm apenas 30 minutos para conseguir suas melhores voltas e tirando o máximo do equipamento – com pouca gasolina no tanque e pneus novos do composto mais macio fornecido pela Pirelli. Samaia tinha dois jogos destes pneus, e o brasileiro estreante da F2 ainda não tinha pilotado o carro nestas condições.

Guilherme Samaia em seu final de semana de estreia na Fórmula 2 na Áustria

“Foi minha primeira vez com esse composto de pneu macio – diferente do que eu tinha usado até então – e aí fui sentindo a aderência cada vez mais. Um jogo de pneu macio novo só funciona bem em duas voltas rápidas, e depois ele já começa a perder muito desempenho. A adaptação tem de ser muito rápida, e como é um carro muito diferente de se guiar, até você achar o momento certo é mais complicado”, apontou. “Fui melhorando, e todas as voltas com os macios meus tempos melhoravam. Infelizmente fui um dos prejudicados com a bandeira vermelha no fim do classificatório, porque só tive uma volta com o segundo jogo; na segunda eu vinha melhorando bem, mas aí veio a bandeira vermelha e não pude completar”, disse.

Faltavam 5min25s para o final da sessão quando Marino Sato rodou na pista e causou a interrupção momentânea da classificação, e no retorno Samaia já não dispunha da melhor condição de seu jogo de pneus para fazer a derradeira tentativa. “No fim não fiquei tão longe do meu companheiro de equipe (Jack Aitken sai em 14º e foi somente quatro décimos mais rápido que Samaia). Temos de trabalhar melhor no acerto dos carros, mas estou tranquilo. Fazia 14 meses que eu não pilotava um carro de corrida. Vou me permitir aprender e ir melhorando gradativamente”, afirmou.

De fato, o bicampeão brasileiro de Fórmula 3 pôde ver que a F2 é uma categoria diferente de tudo o que havia experimentado até então. E, segundo ele, o final de semana na Áustria é a primeira fase do aprendizado. “É uma curva que já vai começar a subir. Deu para entender muita coisa, e como não fiz o FIA F3 – que praticamente todo o grid fez – é mais uma lacuna para preencher. A expectativa de amanhã é atacar, tentar ganhar posições e aprender a gerenciar o desgaste dos pneus. Vai ser interessante, porque os compostos duros para a corrida são difíceis de fazer atingir a temperatura ideal. Então o desgaste pode variar de um carro para outro, e isso pode trazer uma dinâmica legal na corrida”, prevê.

A corrida deste sábado (4) tem largada às 11h45, no horário de Brasília. A de domingo (5), que inverte os oito primeiros colocados, começa às 6h10.

PROGRAMAÇÃO F2 – RED BULL RING (ÁUSTRIA)*
Sábado (4 de julho)
Corrida 1 (feature race): 11h45 – 12h45
Domingo (5 de julho)
Corrida 2 (sprint race): 6h10 – 6h55
*Horários de Brasília

 

Fonte: P1 Midia

Foto: Dutch Photo Agency

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X