Automobilismo FórmulaKart

Kart – Kartismo: Pandemia decide 1º turno da F4 Akasp 2020

Com decisão inusitada, Alberto Otazú conquista os títulos de campeão e vice com Hélio Bianchi e Rogério Cebola, respectivamente

Os resultados no esporte a motor normalmente são consequência de performance e sorte, sempre em percentuais diferentes a cada prova, justamente pela sua essência de prática conjunta de homem e máquina. Agora, podemos acrescentar também o inusitado. E foi desta maneira que o kartista Alberto Otazú Otazú (Pailler Racing/Bianchi Automóveis/Cardoso Funilaria e Pintura/No Fire Services/Speed Truck/Rolley Ball/AVSP) foi declarado campeão e vice-campeão do primeiro turno da F-4 da Associação de Kart Amador de São Paulo (Akasp).

“Fiquei surpreso, mas muito contente com meu primeiro título com um kart F4 neste ano. Não foi da maneira que eu gostaria, mas acho que tanto eu, como meus companheiros de equipe, merecemos e fizemos um ótimo trabalho nas primeiras etapas, garantindo o título e o vice no primeiro turno”, comentou Otazú, que participa do campeonato fazendo dupla com Hélio Bianchi no kart de numeral 88, e com Rogério Cebola, no kart de numeral 50. “Agora temos que nos preparar para voltar mais saudáveis e fortes do que nunca e tentar brigar pelo título dos próximos turnos e da Final”, completou o piloto que foi vice-campeão em 2019 ao lado de Bianchi.

Em virtude do distanciamento social provocado pela pandemia do Covid-19, os certames de automobilismo, da Fórmula 1 até o kartismo amador tiveram um pit stop obrigatório, e sem prazo definido para retorno. Por consequência, os campeonatos em andamento estão cumprindo os seus regulamentos, ao mesmo tempo que aguardam o momento para prosseguir com suas corridas pré-agendadas.

A Akasp realizou três das oito etapas de seu primeiro turno, que foi encerrado no último dia 22 de abril, com a não realização da oitava rodada, já que não haverá possibilidade de reposição das provas. Com isto, prevaleceu a somatória até a terceira etapa. “Não é o que gostaria que acontecesse, ganhar esse primeiro turno sem correr. Tive um P5, e nas outras provas foi meu parceiro Alberto Otazú quem correu. Preferia estar até atrás no campeonato, mas correndo na Granja Viana e não correndo do Covid-19”, acrescentou Hélio Bianchi.

Na abertura do campeonato Alberto Otazú venceu com o kart de Rogério Cebola, enquanto que Hélio Bianchi terminou em quinto. Na prova seguinte Otazú voltou a vencer, com volta mais rápida, desta vez com o kart de Bianchi, ao mesmo tempo em que Cebola terminava em quinto. Por fim, na terceira etapa Otazú terminou em segundo com o Mega/Honda de Bianchi, em vitória de Bruno Biondo, e Cebola recebeu a bandeirada em uma excelente terceira posição.

“Estou muito feliz por estar progredindo no kart profissional ao lado do meu professor e parceiro (Alberto) Otazú. Com isto já consegui pódio, sai em foto e fiquei com esse vice do primeiro turno”, declarou Rogério Cebola, que vai fazer a sua primeira temporada completa com kart F-4.

O campeonato da Akasp é composto por cinco turnos, com oito etapas cada, totalizando 40 corridas na temporada. A decisão do certame sempre fica para o turno final, que começa com a pontuação recalculada depois das bonificações ao fim das 32 primeiras etapas. O certame de F-4 é disputado com karts Mega dos próprios pilotos, mas acertos de chassi fixos, equipados com motor Honda GX 390, de 18 hp, equalizados e sorteados pela MFS Racing. A novidade desta temporada é a utilização dos pneus Lecont.

Reveja a primeira etapa da F-4 Akasp no canal do youtube Kart Amador SP: https://www.youtube.com/watch?v=CKkawacin7U

Reveja a terceira etapa da F-4 Akasp no canal do youtube do Kart Amador SP: https://youtu.be/vgkg3XLnof0

Confira a classificação final do primeiro turno da F-4 da Akasp: 1) Alberto Otazú/Hélio Bianchi, 87 pontos; 2) Alberto Otazú/Rogério Cebola, 83; 3) Emílio Di Bisceglie/Bruno Biondo, 79; 4) Bruno Biondo/Arnaldo Biondo, 67; 5) Heraldo Brasil/Saint Clair, 61; 6) Otávio Lotfi, 58; 7) Luiz Reche/André Relvas, 58; 8) Sérgio Luiz/Dilson Sucupira, 58; 9) Giovani Bondança/Eder Ayres, 41; 10) Alexandre Albino, 36.

 

Alberto Cesar Otazú tem o apoio de Autódromo Virtual de São Paulo (AVSP), Bianchi Automóveis, Cardoso Funilaria e Pintura, No Fire Services, Rolley Ball, Speed Truck, Pailler Racing. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde, Direção para a Vida e Rotary Club Ponte Estaiada.

 

 

Fonte: Master Midia Marketing

Foto: Pedro Bragança

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X