AutomobilismoStock Light

Stock Light – Raphael Reis faz bela corrida de recuperação e termina em quinto na abertura

Piloto da Academia Shell Racing caiu para o fim do pelotão após contato na primeira volta, e ganhou top5 na linha de chegada

O que se desenhava como uma corrida perdida acabou rendendo importantes pontos. Raphael Reis terminou num ótimo quinto lugar na abertura da temporada da Stock Light mesmo depois de ter caído para o fim do pelotão após contato com um adversário depois do “S” do Senna ainda na primeira volta.

Depois de uma bandeira vermelha para a retirada de detritos da pista devido a diversos acidentes nas primeiras voltas, os carros relargaram e Raphael começou sua recuperação. Ultrapassando adversários e contando com boa estratégia da equipe, o goiano se posicionou em sexto.

Na reta de chegada, Raphael ainda aproveitou um disparo restante do botão de ultrapassagem para superar Murilo Coletta nos metros finais e garantir o primeiro top5 da temporada.

Neste sábado, o piloto da Academia Shell Racing volta à pista para a segunda prova, com grid invertido entre os dez primeiros colocados e largada prevista para as 12h20 – 25 minutos mais uma volta. O SporTV3 transmite ao vivo.

O que disse Raphael Reis:

“O dia foi de altos e baixos, a perspectiva para a classificação era boa mas ficamos em décimo, faz parte, temos de arriscar às vezes. Na corrida, levei um toque já na segunda curva, um concorrente que estava dois carros atrás tentou mergulhar e usou meu carro para parar. Foi frustrante, mas voltamos para a prova e conseguimos impor um bom ritmo e correu tudo bem. No fim, o pessoal tinha pedido para eu tirar o pé, mas faltando duas voltas eu vi que talvez desse para chegar. Vi os meus concorrentes brigando na última curva e aproveitei o push para ultrapassar. O carro é bom e a perspectiva é boa para amanhã”
Resultado da prova:

1º G.Robe – 45m03s345
2º E.Bortoletto – a 3s202
3º P.Rimbano – a 18s108
4º J.Rosato – 20s556
5º R.Reis – a 21s711

 

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

 

 

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto: José Mário Dias

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X