AutomobilismoStock Car

Stock Car – Shell Racing disputa corrida decisiva em pista que teve dobradinha do time na abertura da temporada

Em Goiânia, Átila Abreu obteve pódio e tenta seguir na briga pelo título, enquanto Ricardo Zonta venceu lá a primeira corrida da equipe em 2017

A Shell Racing encara neste fim de semana uma etapa fundamental para a equipe na definição da temporada-2017 da Stock Car, com a rodada dupla no autódromo de Goiânia. Na primeira visita ao circuito este ano, a equipe teve um excelente desempenho.

Na segunda bateria, Ricardo Zonta conseguiu a primeira vitória do time no ano e foi seguido justamente por Átila Abreu, formando a dobradinha da equipe – o piloto do carro #51 ainda obteve um quinto lugar na corrida inicial, comprovando o bom rendimento do time em Goiânia.

Partindo dessa excelente base, a Shell Racing espera conseguir logo um bom acerto em ambos os carros para o traçado de 3.820 metros, formado por uma grande reta, curvas de alta velocidade e um miolo com curvas de baixa e um esse.

A rodada de Goiânia tem uma novidade na parte técnica: a Stock Car promoveu uma equalização dos motores, que agora passam a ter 500 cavalos em vez dos 450 do restante da temporada.

No campeonato de pilotos, a rodada de Goiânia é decisiva para Átila Abreu. Ele ocupa o terceiro lugar na classificação geral, a 66 pontos da liderança, e, para seguir com chances de título, precisa reduzir a desvantagem a pelo menos 59, já que a prova final, em Interlagos, dará pontuação dobrada ao vencedor (60 pontos).

Ricardo Zonta, que ocupa o 11º lugar na classificação geral, com duas vitórias, tenta voltar ao top10 e ainda manter as chances de ser um dos maiores vencedores do ano, já que o maior ganhador tem quatro triunfos. Já a Shell Racing ocupa o quarto lugar entre as equipes, mas a apenas 13 pontos da vice-liderança.

A programação começa nesta sexta-feira com dois treinos livres, enquanto para o sábado há previstas mais uma sessão livre e a classificatória para definição do grid da primeira prova. A bateria inicial de domingo tem largada às 13h (de Brasília), com transmissão do SporTV2, com a segunda prova sendo realizada às 14h10.
O que eles disseram:

“Tenho boas recordações de Goiânia, já que venci lá na primeira etapa da temporada. É uma pista muito interessante, com um retão seguido de uma curva bastante veloz de raio longo para a direita, onde um erro compromete o restante da volta, mas onde você também pode ganhar muito tempo. Peço a ajuda dos fãs na internet para conseguir repetir a etapa de Curitiba e ganhar um disparo extra do push to pass!”

Ricardo Zonta, piloto do carro #10

“Os motores agora terão 500 cavalos, a potência mais alta da era moderna da categoria. Se as condições climáticas estiverem favoráveis, temos a possibilidade de estabelecer novos recordes na pista. É claro que esse acréscimo traz junto alguns desafios. Na guiada, o que mais pode alterar é o uso das marchas. Num trecho em que o piloto vinha em terceira e deixava o giro do carro atingir o limite antes de uma freada, agora pode ser melhor recorrer à quarta marcha, ganhar algo a mais em velocidade, e fazer uma redução a mais quando necessário. Só que mais potência também equivale a mais consumo de pneus e combustível. Então encontrar o melhor equilíbrio do carro e planejar bem a estratégia de reabastecimento nas provas pode ser decisivo. Este ano, a Shell Racing teve sua melhor etapa do ano na abertura do campeonato em Goiânia e foi o dia em que mais pontuei em 2017”

Átila Abreu, piloto do carro #51
“O gerenciamento de pneus será um dos pontos mais relevantes para as equipes nesta etapa de Goiânia com 500 cavalos nos carros. Outro ponto de atenção, este para os pilotos, é usar os pushes com critério, pois agora a diferença entre o carro com e sem o push acionado ficou menor”

Thiago Meneghel, chefe da Shell Racing
Campeonato de pilotos:

1º D.Serra – 289 pontos
2º T.Camilo – 279
3º Á.Abreu – 223
4º F.Fraga – 222
5º M.Wilson – 203
6º R.Barrichello – 198
7º C.Bueno – 191
8º R.Maurício – 181
9º M.Gomes – 177
10º G.Casagrande – 156
11º R.Zonta – 132
Campeonato de equipes:

1º RC – 470 pontos
2º CRT – 368
3º A.Mattheis – 360
4º Shell Racing – 355
5º RCM – 293

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto: José Mário Dias 

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X