Automobilismo FórmulaKart

Gaetano Di Mauro põe Academia Shell Racing em segundo lugar no Europeu de Kart

Gianluca Petecof também avança até a final, mas contato na largada compromete suas chances na prova

Duas semanas depois de levantar o tetracampeonato no Brasileiro de Kart e uma depois de subir duas vezes no pódio para defender sua liderança no Campeonato Brasileiro de Turismo, Gaetano di Mauro voltou ao pódio pela Academia Shell Racing. Desta vez, ele foi segundo colocado na etapa da Suécia do Europeu de Kart correndo de pneus slick em pista molhada no kartódromo de Kristianstad.

Não chovia na hora da final da classe KZ2, mas a prova final começou com piso molhado. Gaetano logo saltou de 14o no grid para sexto ao término da primeira volta. A seguir avançou para terceiro graças a ultrapassagem dupla por fora. Alcançou o vice-líder e duelaram por duas voltas trocando posições, até que Di Mauro prevaleceu na disputa. Àquela altura o líder já tinha aberto boa vantagem, e, mesmo mais veloz nas voltas finais, o piloto da Shell Racing não chegou a se aproximar para disputar a vitória –tampouco foi voltou a ser atacado por quem vinha atrás.

Pela classe OK, Gianluca Petecof também teve boa participação na etapa, levando mais uma vez a Shell Racing até a final. Na prova decisiva, o jovem piloto foi tocado logo depois da largada e caiu para o fim do pelotão, prejudicando seus planos de voltar ao top10. Mesmo assim o quinto colocado no último Campeonato Mundial destacou sua primeira participação em todas as etapas do Europeu e destacou a experiência acumulada na concorridíssima categoria OK.

 

O que eles disseram:

“Foi uma corrida muito legal e muito difícil. Felizmente a condição de pista de slick na chuva me favoreceu. Fiz uma leitura rápida do traçado, mas no início sofri um pouco para tirar a cera do pneu novo. Depois conseguimos estabilizar em segundo lugar e foi muito bom levar até o final, trazendo mais um troféu para a Shell Racing”

Gaetano di Mauro

 

“Estou muito feliz com minha primeira participação no Europeu de Kart. Eram 70 pilotos no grid e estivemos quase sempre nas finais, vencemos baterias e, principalmente, acumulamos muitos quilômetros e experiência com a equipe Tony Kart. Estou confiante que chegaremos muito fortes ao Mundial deste ano”

Gianluca Petecof

 

 

 

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto:

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X