AutomobilismoBrasileiro de Turismo

Gaetano di Mauro segue líder no Brasileiro de Turismo mesmo após problemas em Cascavel

Falha na bomba de combustível no treino e pneu furado na corrida impedem piloto da Academia Shell Racing de chegar entre os primeiros

Um sábado difícil para Gaetano di Mauro em Cascavel. Após chegar como líder do Brasileiro de Turismo ao Autódromo Zilmar Beux, o piloto da Academia Shell Racing teve um dia com muitos problemas.

No treino classificatório pela manhã, Gaetano foi atrapalhado por uma falha na bomba de combustível e não teve como passar da 11ª colocação no grid de largada para a primeira bateria do fim de semana.

 

Na corrida, mesmo com os 80 kg de lastro pela liderança na tabela, o piloto do carro #11 ganhou posições com um bom ritmo. Mas, quando estava na sexta posição, Gaetano teve o pneu dianteiro direito furado e foi obrigado a abandonar a disputa.

Apesar do revés deste sábado, Gaetano segue na liderança do campeonato com três pontos de vantagem para o segundo colocado.

Neste domingo, Gaetano volta à pista para a segunda bateria do fim de semana, com transmissão ao vivo do SporTV 3 a partir das 9h45.


Classificação do campeonato:

1º G.di Mauro – 51 pontos
2º G.Frigotto – 48
3º P.Rimbano – 47
4º L.Milani – 47
5º G.Robe – 41
O que eles disseram:

“Estávamos dando o máximo, é difícil encontrar o balanço bom para esse tipo de prova, longa, com o tanque cheio e os 80 kg de lastro. É continuar pensando no campeonato. Tivemos esse problema do pneu, mas estávamos na briga, tínhamos o mesmo ritmo e o que vale é isso. Temos potencial para voltar a disputar e estar na frente”

Gaetano di Mauro, piloto do carro #11
“Na classificação, tivemos um problema na bomba de combustível. O problema depois continuou, deve ser algo elétrico. Na corrida, ligamos a bomba 2 e resolveu o problema. É difícil largar de trás numa pista como essa, tínhamos potencial para largar entre os cinco primeiros sem o problema na bomba. Na corrida, voltamos para estar entre os cinco primeiros, o que era o objetivo com os 80 kg. A cada prova é um aprendizado novo, tínhamos uma leitura de que o lastro não iria influenciar tanto, mas foi pior do que em Santa Cruz. Estávamos bem na corrida, com uma boa estratégia de box, mas o pneu furou por algum motivo que não sabemos porque o carro logo depois foi para parque fechado. ”

Serafin Jr. chefe da equipe W2

 

Sobre a plataforma da Raízen em motorsport:

A Raízen, por meio da marca Shell, promove a maior plataforma de patrocínio em esporte a motor no Brasil, a Academia de Pilotos Shell Racing. A marca apoia oito pilotos entre as modalidades do kart, Brasileiro de Turismo, Stock Car e Porsche Império GT3 Cup. O projeto está em linha com a estratégia global da marca, que, além do mais longevo patrocínio do automobilismo mundial com a Scuderia Ferrari na F1, está presente na Nascar, Indycar, V8 Australiana e Campeonato Mundial de Endurance.
Sobre a Raízen:

A Raízen se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 24 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,1 bilhões de litros de etanol por ano, 4,5 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25,2 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

 

 

Fonte: Luis Ferrari

Foto: José Mário Dias/Shell Racing

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X