AutomobilismoEndurance

Endurance – Público elege André Negrão como melhor piloto do mundo no Endurance

Desempenho do brasileiro encantou os fãs, desbancando nomes de peso como os ex-F-1 Sebastien Buemi e Brendon Hartley

Foi uma luta de David contra Golias – só que dessa vez o gigante venceu, quando os carros mais modernos da Toyota conseguiram superar no final do ano o único Alpine do grid. Mesmo assim, a excepcional campanha de André Negrão à frente da equipe francesa, na luta pelo título da temporada 2022 do Mundial de Endurance (WEC), foi coroada com o reconhecimento dos fãs. Em uma eleição recente, o competidor da Alpine venceu o pleito que apontou o melhor piloto de Endurance do ano, em uma promoção do site especializado Grande Prêmio.

Valeu a façanha de ter liderado o Mundial da primeira à última etapa

Como aconteceu na pista, os principais concorrentes do brasileiro na eleição foram pilotos do time japonês: o neozelandês Brendon Hartley, o suíço Sebastien Buemi (ambos ex-pilotos de Fórmula 1) e o japonês Ryo Hirakawa, além do sueco nascido no Reino Unido Tom Blomqvist, campeão no IMSA a bordo de um Acura ARX-05 da equipe Meyer Shank.

André Negrão somou 39,7% do total de votos

Liderança – Ao final do pleito, valeu a façanha de ter liderado o Mundial da primeira à última etapa do campeonato, quando o Alpine de Negrão e dos franceses Nicolas Lapierre e Matthieu Vaxiviere finalmente foi superado por um dos Toyota híbridos. Na eleição, André somou 39,7% do total de votos, deixando nas posições seguintes os pilotos do trio que foi campeão do WEC pela Toyota no carro #8.

Com vitórias em Sebring e Monza, o trio Negrão/ Lapierre /Vaxiviere surpreendeu

Com duas vitórias em 2022, nas 1000 Milhas de Sebring e nas 6 Horas de Monza, o trio Negrão/Lapierre/Vaxiviere surpreendeu ao brigar pelo título do WEC contra carros mais modernos, dotados de motorização híbrida (que economiza combustível) e tração integral (gasta menos pneus e oferece mais tração). O trio da Alpine terminou como vice-campeão de 2023, com 144 pontos, apenas cinco a menos que os pilotos da Toyota (Hartley/Buemi/Hirakawa). Mas terminou o ano com muita moral, como mostrou a eleição do site Grande Prêmio. Confira o resultado:

Piloto, País, Equipe, Carro, Votação
1) André Negrão, Brasil, Alpine, Alpine A480, 39,7%
2) Sébastien Buemi, Suíça, Toyota Gazzo Racing, Toyota GR010 Hybrid, 29,2%
3) Brendon Hartley, Nova Zelândia, Toyota Gazzo Racing, Toyota GR010 Hybrid, 16,4%
4) Tom Blomqvist, Inglaterra, Meyer Shank, Acura ARX-05, 9,2%
5) Ryo Hirakawa, Japão, Toyota Gazzo Racing, Toyota Toyota GR010 Hybrid, 5,5%

Fonte: BestPr.

Foto: DPPI

Alex Sandro

Sou Alex, entusiasta e apaixonado pela velocidade. Por esse motivo compartilho com vocês minha paixão, apresentando com nossos parceiros matérias, fotos e eventos relacionados ao mundo da velocidade. Espero que gostem. Buscamos sempre trazer a melhor noticia e imagem para vocês. Agradeço a todos que caminham conosco desde o início e a você, que está chegando agora também, e se puderem compartilhar, poderemos alcançar mais pessoas apaixonadas como nós. Obrigado Tudo sem fins lucratidos, movido pela paixao!!! 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Alex Sandro

Sou Alex, entusiasta e apaixonado pela velocidade. Por esse motivo compartilho com vocês minha paixão, apresentando com nossos parceiros matérias, fotos e eventos relacionados ao mundo da velocidade. Espero que gostem. Buscamos sempre trazer a melhor noticia e imagem para vocês. Agradeço a todos que caminham conosco desde o início e a você, que está chegando agora também, e se puderem compartilhar, poderemos alcançar mais pessoas apaixonadas como nós. Obrigado Tudo sem fins lucratidos, movido pela paixao!!! 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
X