AutomobilismoStock Pro Car

Stock Car – Orgulho é a palavra que define Hot Car New Generation na sétima etapa em Curitiba

Felipe Lapenna terminou o fim de semana com top-10 na classificação, Fan Push, P5 na primeira corrida e liderou a segunda corrida após uma largada espetacular, abandonando a duas voltas do final

Se tem uma coisa que não pode faltar é o reconhecimento por todo o trabalho feito pela Hot Car New Generation na sétima etapa da Stock Car Pro Series, disputada neste domingo (8), no anel externo do Autódromo Internacional de Curitiba. O piloto paulista Felipe Lapenna avançou ao Q2, largou entre os dez primeiros, foi um dos ganhadores do Fan Push, terminou a primeira corrida em quinto lugar, fez uma excelente largada de sexto para primeiro e liderou a segunda prova até ter sua corrida interrompida a duas voltas do final. O gosto amargo e a frustração de ver o carro #110 parando não foram superados pelo orgulho do trabalho, e da evolução, que vem sendo feito pela equipe nesta temporada.

Foi por pouco: Babi Rodrigues quase comemora sua primeira vitória na equipe

Para a chefe da equipe Babi Rodrigues destaca o orgulho que sente pelos resultados da equipe. “Eu estou muito orgulhosa do meu time. Foi um fim de semana extremamente positivo, teve a primeira corrida com o P5 do Felipe Lapenna, que já é um resultado muito bom. Lideramos a segunda corrida quase inteira, faltou um pouquinho e isso infelizmente acontece nas corridas”, avaliou Babi. “Isso só prova que o nosso trabalho é sólido e que nós vamos cada vez melhor daqui em diante. Não sabemos o que de fato aconteceu com o carro, as contas não estão batendo. Precisamos analisar o carro para saber se de fato foi falta de combustível ou se a bomba parou de funcionar por conta de um nível baixo”, concluiu.

E impôs o ritmo da corrida 2 em Curitiba

Na primeira corrida, Lapenna partiu da sexta colocação e travou boas disputas pela quinta posição, onde finalizou a primeira prova. Com a inversão do grid, o paulista largou em sexto, fez uma partida espetacular e no meio da primeira volta já era o primeiro colocado, ditando o ritmo da prova. Faltando duas voltas para o fim, Felipe tinha dois segundos de vantagem sobre o segundo colocado, Átila Abreu, quando viu o sonho da vitória escapar e ser obrigado a abandonar a prova.

Desilusão, mas orgulho: Lapenna lidera corrida 2 e tem de abandonar a 2 voltas

“Inacreditável… Uma pena o que aconteceu na corrida dois. A gente tem certeza que neste ano nós vamos conseguir um pódio ou uma vitória. Mas também não podemos esquecer da primeira corrida, que foi um P5 na prova principal. Eu estou muito feliz, estou animado. Claro que a gente fica frustrado por essas duas voltas, mas isso mostra que estamos no caminho certo e o quanto a equipe evoluiu nessas últimas etapas”, disse o piloto do carro #110. “Somos uma equipe e isso acontece. Agora vamos com tudo para a próxima”, finalizou.

A equipe Hot Car New Generation somou 18 pontos na etapa, sendo 17 com Felipe Lapenna na primeira corrida e um com Tuca Antoniazzi na segunda corrida. O piloto gaúcho teve atuações limpas nas duas provas do fim de semana, terminando a primeira corrida em 22º e a segunda em 20º.

Tuca Antoniazi fez corridas limpas e somou mais um ponto

Agora a equipe retorna para a oficina em Cajamar (SP) depois de duas etapas longe de casa. O próximo compromisso da equipe pela Stock Car Pro Series será na etapa dupla de Goiânia (GO) nos dias 18 e 19 de setembro, nas etapas 8 e 9 da competição nacional.

Resultados das corridas da 7ª Etapa da Stock Car Pro Series, em Curitiba:

Corrida 1 (top-5)
1 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) em 31 voltas
2 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 0.821
3 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 1.297
4 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 2.104
5 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 2.824
22 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta

Corrida 2 (top-5)
1 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) em 36 voltas
2 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 0.451
3 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 3.832
4 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze) a 4.825
5 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 5.117
20 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 50.784

 

Fonte: P1 Midia

Foto: Rafael Gagliano

Alex Sandro

Sou Alex, entusiasta e apaixonado pela velocidade. Por esse motivo compartilho com vocês minha paixão, apresentando com nossos parceiros matérias, fotos e eventos relacionados ao mundo da velocidade. Espero que gostem. Buscamos sempre trazer a melhor noticia e imagem para vocês. Agradeço a todos que caminham conosco desde o início e a você, que está chegando agora também, e se puderem compartilhar, poderemos alcançar mais pessoas apaixonadas como nós. Obrigado Tudo sem fins lucratidos, movido pela paixao!!! 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Alex Sandro

Sou Alex, entusiasta e apaixonado pela velocidade. Por esse motivo compartilho com vocês minha paixão, apresentando com nossos parceiros matérias, fotos e eventos relacionados ao mundo da velocidade. Espero que gostem. Buscamos sempre trazer a melhor noticia e imagem para vocês. Agradeço a todos que caminham conosco desde o início e a você, que está chegando agora também, e se puderem compartilhar, poderemos alcançar mais pessoas apaixonadas como nós. Obrigado Tudo sem fins lucratidos, movido pela paixao!!! 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
X