AutomobilismoStock Car

Marcos Gomes e Cacá Bueno sobem no pódio e de novo ficam perto da conquista da Corrida do Milhão

Pilotos da Cimed Racing conquistam segundo e terceiro lugares na prova milionária e sobem na classificação da Stock Car

Marcos Gomes e Cacá Bueno são dois campeões da Stock Car que buscam a vitória inédita na Corrida do Milhão e hoje foram protagonistas da prova disputada em Curitiba, mas ainda “bateram na trave” quando o assunto é vencer a corrida de R$ 1 milhão. Gomes foi o segundo e Cacá, o terceiro, em dia de um vencedor inédito desta prova (Daniel Serra).

Com o resultado de hoje, Gomes acumula três pódios na Corrida do Milhão, mesmo número de Cacá – só falta mesmo o primeiro lugar. No campeonato por equipes, o pódio duplo colocou a Cimed Racing na vice-liderança.

“A vitória do Milhão mais uma vez ficou perto, mas foi bastante positivo esse segundo lugar para nós subirmos no campeonato. O Daniel (Serra) foi bastante merecedor da vitória. Estou feliz com essa recuperação na tabela e agora vamos seguir trabalhando para se aproximar ainda mais da ponta do campeonato”, diz Gomes, que é o recordista de poles da Corrida do Milhão por largar na ponta em três das nove edições da prova.

Sétimo no grid, Cacá Bueno viveu momentos bastante distintos durante o final de semana em Curitiba. Após treinos em que o carro rendeu abaixo do esperado com pneus novos, o piloto carioca teve um bom desempenho com pneus usados durante a corrida e aproveitou o problema de combustível de alguns adversários nas últimas duas voltas para assegurar um lugar no pódio

“A corrida começou um pouco complicada para nós, mas fomos recuperando e a Cimed Racing está de parabéns por colocar os dois carros no pódio. Isso mostra que ainda dá para brigarmos pelo campeonato e fico feliz por continuar essa recuperação na tabela. Parabéns ao Daniel (Serra) pela vitória e parabéns também para essa torcida que veio ao autódromo mesmo com o frio e a garoa de hoje cedo aqui em Curitiba e também para os fãs que votaram em mim. O Hero Push me ajudou a escapar do pelotão que vinha rápido nas voltas finais e assim garanti o pódio”, diz Cacá, maior campeão em atividade da Stock Car, com 5 títulos.

Atual campeão da Stock Car e vencedor da edição de 2016 da Corrida do Milhão, Felipe Fraga foi um dos pilotos que precisaram abandonar por falta de combustível na parte final da corrida. O tocantinense vinha na disputa com Cacá durante grande parte da prova e esperava lutar pelo pódio após ter largado da quarta posição.

“O positivo da prova de hoje foi que nós éramos um dos mais rápidos na pista e isso mostra que evoluímos das últimas etapas para cá. Eu arrisquei um pouco ali no começo da corrida não usando push e infelizmente aconteceu aquela disputa com o Cacá onde acabei saindo da pista. Mesmo assim  nós conseguimos nos recuperar e ali na volta final acabou o combustível e foi uma pena porque eu perdi pontos importantes para o campeonato. O painel do carro ainda apontava que tinha gasolina, mas isso é coisa de corrida mesmo”, diz Fraga, que também agradeceu a torcida pelos votos que lhe garantiram um Hero Push, mostrando que o mais jovem campeão da categoria também é um dos mais populares da Stock Car..

Denis Navarro, que pretendia fazer uma corrida de recuperação após largar da 20ª posição, acabou sendo acertado na tomada da primeira curva e abandonou ainda na volta inicial. “Eu acabei apenas sentindo a pancada ali na hora. Eu ainda não vi a repetição da largada, mas com certeza foi um erro de cálculo do carro que me acertou em cheio e errou a freada. Fica uma frustração porque era uma corrida onde tudo poderia acontecer, como vimos com vários pilotos ficando sem combustível, mas agora vamos pensar na próxima etapa”, diz Denis.

A próxima etapa da Stock Car acontece em Curvelo (MG) no dia 23 de julho.

Resultado final – Corrida do Milhão:

1. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC ) – 29 voltas completadas
2. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 2s696
3. 0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 16s086
4. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 17s981
5. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 18s576
6. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 23s144
7. 65 Max Wilson (RCM Motorsport) – a 23s545
8. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 34s041
9. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team)- a 36s378
10. 117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – a 39s778
11. 44 Betinho Valério (Hero Motorsport) – a 40s425
12. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 43s616
13. 31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – a 44s106
14. 70 Diego Nunes (Hero Motorsport) – a 50s729
15. 188 Beto Monteiro (Mico’s Racing) – a 52s438
16. 3 Bia Figueiredo (Full Time Academy ) – a 1min13s217
17. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) – a 1min26s838
18. 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 1 volta
19. 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 1 volta
20. 40 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 1 volta
21. 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 1 volta
22. 28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 1 volta
23. 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 1 volta
24. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 2 voltas
25. 8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Sports) – a 2 voltas
26. 9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – a 2 voltas
27. 12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 3 voltas
28. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports) – a 28 voltas
29. 25 Tuka Rocha (RCM Motorsport) – a 29 voltas
30. 73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car) -a 29 voltas
31. 5 Denis Navarro Cimed Racing Team –

Pontuação do campeonato (top-10):

1- Daniel Serra – 142

2- Thiago Camilo – 126

3- Max Wilson – 122

4- Rubens Barrichello – 119

5- Átila Abreu – 110

6- Marcos Gomes – 101

7- Ricardo Maurício – 96

8- Cacá Bueno – 93

9- Felipe Fraga – 77

10- Valdeno Brito – 59

 

 

 

Fonte: RF1

Foto:

Etiquetas

Alex De Peder

Apaixonado pelo Automobilismo, essa paixao me fez criar um site para todos terem a mesma informação que sempre gostei de receber. 'Tudo posso naquele que me fortalece'

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar
X